Uma coisa eu aprendi: você pode até ser legal com as pessoas, mas não espere que as pessoas sejam legais com você(...)De vez em quando, sofro horrores. Me decepciono, fico frustrada, chocada, com medo. Mas continuo mantendo a minha essência, sendo boa com quem é bom.Clarissa Corrêa.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Procurando um sentido

Alguma vez você já se perguntou: Que porra eu estou fazendo da minha vida? Pois é, eu estou me fazendo essa pergunta todos os dias e não está sendo nada fácil de responder. Penso nas coisas que eu tenho que fazer e elas simplesmente viram problemas gigantes. No momento é extremamente difícil eu concordar comigo mesmo. Sei que isso parece contraditório e é, mas é a verdade. Em toda a minha vida tive oportunidades de fazer as coisas de um jeito melhor, mas nunca ninguém quer esse jeito e eu sou uma dessas pessoas. Um jeito melhor é aquela velha história: existe o caminho mais curto, entretanto é cheio de pedras, curvas tortas e paisagens assustadoras...já o mais longo (jeito melhor) é como um vale calmo onde há rios, árvores e uma bela paisagem. Percebi que a história é uma metáfora para as crianças entenderem como as coisas funcionam, mas ainda serve de exemplo para mim. Refletindo um pouco, eu me dei conta de que sempre erro nas mesmas coisas e sempre tenho inseguranças com elas, isso faz de mim um completo idiota, porque eu já passei por várias situações onde eu sempre venci minhas inseguranças mas sempre tenho que vence-las de novo e de novo. Quem sabe um dia eu aprendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário