Uma coisa eu aprendi: você pode até ser legal com as pessoas, mas não espere que as pessoas sejam legais com você(...)De vez em quando, sofro horrores. Me decepciono, fico frustrada, chocada, com medo. Mas continuo mantendo a minha essência, sendo boa com quem é bom.Clarissa Corrêa.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Momentos passageiros

É difícil acreditar na sua capacidade quando nem as pessoas que você ama fazem isso. Seu apoio, seu chão, não existem. Como se o que estiver sonhando fosse alto demais. Não é. Todos tem mania de querer o pouco, o básico. De pensar que a estrada é tão ruim que não valha a pena percorrer. Em alguns momento penso assim, os piores e passa. Sempre passa. Não importa o quanto você se sinta um lixo, o quanto você tenha brigado com quem mais ama, a raiva passa, a tristeza passa. Assim como a alegria também passa. Os dias infernais que você achou viver passaram, no fim um vazio, uma falta. Eles não eram tão ruins assim não é? Era você que só via o seu lado egoísta, só via o lado ruim de tudo. Mas nem tudo pode ser totalmente ruim. Penso em períodos da minha vida e vejo que pequenos sacrifícios valiam. Percebi o que eu ganhei e o que perdi. Se colocar numa balança teria muita diferença. Ganhei muito mais. Acho que então eu não preciso que acreditem em mim para ter capacidade. Eu acredito, pronto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário